quarta-feira, 2 de agosto de 2017


JESUS COM SABEDORIA, SUPEROU A TENTAÇÃO.

               I

Jesus Cristo fez jejum

Durante quarenta dias

E sem passar agonias

Sentir fome é comum

Pois sem ter medo nenhum

Seguiu com convicção

Pra um monte que então

Tentação ele sofria

Jesus com sabedoria

Superou a tentação.

               II

Quando ele foi tentado

Primeiro se saiu bem

Respondeu muito além

Do que era esperado

Inimigo derrotado

Na sua luta em vão

Transformar pedra em pão

O inimigo queria

Jesus com sabedoria

Superou a tentação.

                III

Nem só de pão que se vive

Mas da palavra de Deus

Até mesmo os ateus

A usam e inclusive

Inimigo com declive

Achando ter solução

Mandou se jogar pro chão

Do alto que estaria

Jesus com sabedoria

Superou a tentação.

               IV

Jesus Cristo respondeu

Para a Deus não tentar

Somente a Deus amar

Assim disse o galileu

Jesus não se ofendeu

Com aquela encenação

Pois não tinha ilusão

Porque Deus o protegia

Jesus com sabedoria

Superou a tentação.

              V

Oferecido a Cristo

O mundo e o poder

Era só Jesus querer

Aquilo que era visto

O poder de um conquisto

Se fizesse adoração

Jesus com aptidão

Dali o expulsaria

Jesus com sabedoria

Superou a tentação.

               VI

Respondeu determinado

Só a Deus adorará

Só a ele servirá

Pois Deus é glorificado

Pelos anjos confortado

Bem cheio de gratidão

inimigo sem ação
dali se retiraria

Jesus com sabedoria

Superou a tentação.

         Mossoró-RN, 02.08.2017.

             Ilton Gurgel, poeta.

 

 

 

 

 

terça-feira, 1 de agosto de 2017


NOSSO SENHOR JESUS TEM, PODER E AUTORIDADE.

                 I

Jesus Cristo tem poder

Para tudo nesta vida

Milagres realizados

Na Bíblia é conferida

A sua autoridade

Nunca será esquecida.

                 II

Trouxe de volta pra vida

Quem tanto ele amou

Lázaro dentro do túmulo

Jesus Cristo ordenou

Que saísse do local

E ele ressuscitou.

              III

O povo presenciou

O milagre ocorrido

Lázaro ressuscitado

Três dias de falecido

Jesus mostrou seu poder

Forte e tão merecido.

               IV

O filho de Deus querido

Que curou em Jericó

Um cego que de nascença

Sua vida era um nó

Pôs a ver a luz do dia

Com Jesus não ficou só.

                  V

E além de Jericó

Visitou outras cidades

Curando e libertando

Com suas capacidades

Por que o filho do homem

Sempre teve lealdades.

                 VI

E sem ter fragilidades

Por amor tudo fazia

Acalmou a tempestade

O vento obedecia

O mar calmo e sereno

Com o que Jesus dizia.

                VII

Outra cura que servia

Para todos de lição

A cura dum paralítico

Num leito sem condição

Do teto de uma casa

Desceu e teve perdão.

                VIII

Inimigo em legião

Jesus Cristo expulsou

Os pecados de Zaqueu

Jesus também perdoou

E pra ser homem honesto

Jesus o lhe transformou.

                IX

Milagre realizou

Por onde ele passava

E curava todo mundo

Que a ele procurava

E quando se reunia

Pra muitos ele pregava.

                 X

Outro que realizava

Aqui eu vou destacar

Foi a pesca milagrosa

Que veio realizar

Encheu a barca de peixe

Sendo pescado do mar.

                XI

Por amor veio curar

Filho dum oficial

Mulher do fluxo de sangue

Parecia ser fatal

Curou a sogra de Pedro

Livrando dum grande mal.

                 XII

Jesus no poder real

Não falei nem a metade

Eu citei alguns exemplos

Também a sua bondade

Nosso Senhor Jesus tem

Poder e autoridade.

           Mossoró-RN, 01.08.2017.

                  Ilton Gurgel, poeta.

 

 

 

quinta-feira, 27 de julho de 2017


OBRIGADO MEU SENHOR, POR EU SER CARAUBENSE

                  I

É bom ser caraubense

A nossa doce cidade

Que tem entre seu propósito

A sua prosperidade

Ser filho de Caraúbas

É uma prioridade.

              II

A nossa sociedade

Muito bem representada

A cultura e o laser

Nada a ser comparada

O seu filho valoriza

Nossa terra tão amada.

                 III

Muito bem qualificada

 A rainha do Sertão

Tem as redes sociais

Para a divulgação

Onde cada filho seu

Dá a colaboração.

               IV

Nessa comunicação

Que é feita de primeira

De alta categoria

Mostrada duma maneira

Com os seus grupos criados

Numa fórmula certeira.

                    V

Tem o Assis Oliveira

Quero parabenizar

João Bosco Gonçalves Souto

Não para de registrar

Nossa doce Caraúbas

Num passado a resgatar.

                 VI

Os sites a nos mostrar

Toda a nossa história

Onde o caraubense

Guarda na sua memória

O passado e o presente

De tanta honra e glória.

                VII

Toda a nossa história

A gente vê hoje em dia

Traz pra o filho da terra

Pitada de alegria

Quando vemos do passado

Tanta da fotografia.

               VIII

Hoje minha poesia

É de agradecimento

Aos dois caraubenses

Homens de grande talento

Não deixam que o passado

Caia no esquecimento.

                 IX

Vivemos grande momento

Digo que é sem igual

A gente observando

Mexe no emocional

Nosso amor pela cidade

É o foco principal.

             X

Totalmente natural

De um imenso valor

João Bosco e o Assis

Fazem com muito amor

Um trabalho tão perfeito

Que é tão encantador.

                XI

Que Cristo Nosso Senhor

Com a mão abençoar

Caraúbas e seus filhos

Que estão sempre a lutar

Pra que através da mídia

Possa sempre divulgar.

                XII

E para finalizar

Que assim a gente pense

O filho de Caraúbas

Em tudo que luta vence

Obrigado meu Senhor

Por eu ser caraubense.

            Mossoró-RN, 27.07.2017

                   Ilton Gurgel, poeta.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

quarta-feira, 26 de julho de 2017


A TRANSFIGURAÇÃO

                   I

Uma passagem na Bíblia

Tem em três evangelistas

Em Mateus, Marcos e Lucas

Todos eles realistas

Narram o mesmo assunto

Sempre com as mesmas pistas.

                    II

Pois os três evangelistas

Fazem a explanação

Ocorrido com Jesus

Sendo muita emoção

Que Jesus é destacado

Pela transfiguração.

                  III

Pedro, Tiago e João

Jesus consigo levou

A sós pra um alto monte

Com eles se encaminhou

E diante deles três

Jesus se transfigurou.

               IV

A sua veste ficou

Muito que resplandecentes

Em um branco muito puto

Limpas e exatamentes

Mais brilhos se comparar

Lâmpadas fluorescentes.

                        V

Nos momentos atraentes

Quando lá apareceu

Foi Elias e Moisés

E Jesus os recebeu

E ficaram com Jesus

Foi isso que ocorreu.

                VI

Naquele momento deu

Veio Pedro aparecer

Na presença de Jesus

Sem saber o que dizer    

Perguntou para Jesus

O que devia fazer.

               VII

Seu trabalho merecer

Sem usos de fantasias

Três cabanas construir

Com todas as garantias

Era uma pra Jesus

Pra Moisés e pra Elias.

                VIII

Falando naquelas vias

E nas presenças ficados

Sem saber o que dizer

Ficaram atordoados

Pedro e os outros dois

Todos atemorizados.

               IX

Ali todos encontrados

Uma nuvem que surgia

Cobriu todos os presentes

Dela uma vós dizia

Este é meu filho amado

Ouvir recomendaria.

                X

Depois do que se ouvia

Ela desapareceu

Era a presença de Deus

Na nuvem apareceu

Foi na transfiguração

E depois aconteceu.

               XI

Quando isso ocorreu

Tudo se normalizou

Ficando Jesus com eles

Jesus Cristo ordenou

Pra não contar pra ninguém

O que tudo se passou.

                 XII

E assim se registrou

Uma passagem bonita

Foi a transfiguração

Que a gente acredita

E quem lê essa passagem

Eu peço que a reflita.

            Mossoró-RN, 26.07.2017.

                Ilton Gurgel, poeta.

terça-feira, 25 de julho de 2017


SÓ JESUS PRA PODER MODIFICAR, A VIDA DE QUEM NÃO É CONVERTIDO

                           I

Aqui eu quero deixar um convite

Pra você que ainda não é crente

Que vive em um mundo atraente

Onde o erro vem com apetite

Pra errar todo não crente insiste

Mas Jesus traz logo o bom sentido

Pra sarar todo coração ferido

Jesus é quem pode nos libertar

Só Jesus pra poder modificar

A vida de que não é convertido.

                        II

Jejuou quarenta dias na vida

Depois o inimigo o tentou

Mas Jesus a tentação superou

Vitória pra ele foi em seguida

Com Jesus não temos luta perdida

O crente pra Jesus é incluído

Para quem vive num mundo sofrido

Procure a Jesus o aceitar

Só Jesus pra poder modificar

A vida de quem não é convertido.

                       III

Sabemos que Jesus de Nazaré

É nosso verdadeiro salvador

Lá na cruz foi a prova de amor

Por isso que nele eu tenho fé

Orando de joelho ou em pé

Me livro do pecado induzido

Do mundo sujo já sou excluído

Para com o Senhor poder ficar

Só Jesus pra poder modificar

A vida de quem não é convertido.

                       IV

A Bíblia eu leio diariamente

E sei que através dessa leitura

Minha fé fortalece a estrutura

Fato bom para a alma de um crente

Por que o mundo inconveniente

Deixa o povo todo oprimido

Quem não é crente nunca dá ouvido

Pra quem quer a palavra ensinar

Só Jesus pra poder modificar

A vida de quem não é convertido.

                          V

Tem gente que ainda tem coragem

De andar com um terço em sua mão

Seguindo também uma procissão

Ainda adorando uma imagem

Chamando de santo o personagem

Que de um gesso esse foi fundido

Pra esse tudo é oferecido

Quando está em cima de um altar

Só Jesus pra poder modificar

A vida de quem não é convertido.

                     VI

Não crente procure logo um pastor

O pastor é quem bem lhe aconselha

Ele que cuida de toda ovelha

Seguindo a ordem do criador

Jesus é verdadeiro salvador

Tudo a ele é atribuído

Seja de Jesus mais um escolhido

Pra poder o seu coração mudar

Só Jesus pra poder modificar

A vida de quem não é convertido.

               Mossoró-RN, 25.07.2017.

                    Ilton Gurgel, poeta.

 

 

 

 

 

 

 

quinta-feira, 20 de julho de 2017


JESUS É A RAZÃO DO MEU VIVER, ELE ESTÁ PRESENTE NA MINHA VIDA

                         I

Desde o dia que fui convertido

Eu passei por uma transformação

Em Jesus encontrei a salvação

Por isso minha vida tem sentido

E neste meu viver é incluído

Jesus que é meu ponto de partida

Ele é a verdadeira saída

Para quem um peado cometer

Jesus é a razão do meu viver

Ele está presente na minha vida.

                             II

Em tudo que faço está presente

Na minha casa e no meu trabalho

Eu sei que sou humano porém falho

Por isso tenho o Pai Onipotente

Quando estou orando com nossa gente

Agradeço a vitória adquirida

A minha alma tão contribuída

E pro Céu ela vai por merecer

Jesus é a razão do meu viver

Ele está presente na minha vida.

                           III

Jesus é da vida toda razão

Por isso pra ele eu vou orar

Com todo o irmão compartilhar

E dobrar o meu joelho no chão

Sempre com sua participação

Hoje a minha vida foi erguida

A nova vida que foi construída

Com Jesus a tendência é crescer

Jesus é a razão do meu viver

Ele está presente na minha vida.

                       IV

Presente quando estou viajando

Pra Jesus muito eu o agradeço

Meu viver que hoje eu reconheço

O melhor comigo vai se passando

Por isso é que estou caminhando

E estou sempre na mesma corrida

Tenho uma vida tão descontraída

Pois faço de Jesus o seu querer

Jesus é a razão do meu vier

Ele está presente na minha vida.

                       V

Jesus é quem me dá todo sustento

E nunca ele deixou faltar nada

Na minha casa que é colocada

Pra viver ele dá o mantimento

Agradeço a Jesus o alimento

Por eu ter todo dia a comida

Saúde controla minha ferida

Faz com que eu possa compreender

Jesus é a razão do meu viver

Ele está presente na minha vida.

                       VI

Obrigado Senhor por me guardar

E sempre me dando o livramento

Livrando do mau acontecimento

Protege por amor o nosso lar

Com Jesus estou em todo lugar

E tenho toda proteção sentida

Pra ele oração é incluída

Pra findar eu quero agradecer

Jesus é a razão do meu viver

Ele está presente na minha vida.

             Mossoró-RN, 20.07.2017.

                    Ilton Gurgel, poeta.