segunda-feira, 31 de outubro de 2016


SÓ MINHA CABEÇA É QUEM SUPORTA, TUDO QUE EU FAÇO EM POESIA.

                             I

Hoje tem para a gente armazenar

Mídia e também computador

Também o poeta inspirador

Ao fazer verso vem se inspirar

Ele na sua cabeça guardar

Com prazer decora com alegria

Sem poder emitir segunda via

Pra ele Deus sempre abre uma porta

Só minha cabeça é quem suporta

Tudo que eu faço em poesia.

                       II

O sangue que correm em minha veia

Circula por uma veia poética

A gente tem sempre uma estética

O verso é quem na mente semeia

E produz a rima que encadeia

E tanto ele me influencia

O corpo a veia prepararia

Veia que recebe nome de horta

Só minha cabeça é quem suporta

Tudo que eu faço em poesia.

                      III

Poeta do verso faz a triagem

Quando está com toda inspiração

Guardando com total dedicação

Na mente com a enorme bagagem

O verso que não e uma montagem

Apenas usa a filosofia

Prática vem antes da teoria

Pra rimar a mente não fica morta

Só minha cabeça é quem suporta

Tudo que eu faço em poesia.

                     IV

Poeta tem o armazenamento

Celebro ele fica preparado

E pronto pra na hora ser usado

Tendo o grande desenvolvimento

Principal entre o departamento

O que é sempre minha garantia

Se errar ele tem a anistia

E então a rima não fica torta

Só minha cabeça é quem suporta

Tudo que eu faço em poesia.

                      V

Eu não sou poeta por profissão

Verso é meu hobby ou meu esporte

A mente tenho todo o suporte

Pra fazer rima com inspiração

Eu sei que tem uma integração

Quem ouve o sorriso contagia

E também o verso o elogia

É o que a minha mente comporta

Só minha cabeça é quem suporta

Tudo que eu faço em poesia.

                     VI

Por isso agradeço o criador

Nosso Pai que fez com sinceridade

Forte Deus que é da eternidade

Ele que é o nosso redentor

Do verso meu Mestre e professor

A mim deu toda a sabedoria

A mente que tem a sua franquia

Pro verso e que a mente exporta

Só minha cabeça é quem suporta

Tudo que eu faço em poesia.

             Mossoró-RN, 30.10.2016.

                  Ilton Gurgel, poeta.

 

 

 

 

 

segunda-feira, 17 de outubro de 2016


SÓ JESUS COM AMOR E O PODER, PRA TRAZER A PAZ PRA HUMANIDADE.
                        I
A gente precisa se vigiar
E orar pra poder termos a paz
Única solução que é capaz
De fazer tanta guerra acabar
O terror só faz se multiplicar
Grande é toda a barbaridade
O mundo perdeu sua qualidade
Que antes tínhamos para viver
Só Jesus com amor e o poder
Pra trazer a paz pra humanidade.
                      II
O mundo que está tão violento
Parece que acabou o amor
A gente vê o povo com rancor
Causando no cristão constrangimento
Acabou no povo o sentimento
Não temos mais gesto de humildade
Vai tudo em uma velocidade
Que não dá mais para sobreviver
Só Jesus com amor e o poder
Pra trazer a paz pra humanidade.
                      III
A vida que não é mais respeitada
Só vemos violência a ambição
Discórdia e também perseguição
Região inteira que é tentada
Precisa a paz ser anunciada
Pra voltar a nossa realidade
Com a paz a nossa sociedade
Faz com que o amor possa crescer
Só Jesus com amor e o poder
Pra trazer a paz pra humanidade.
                      IV
Hoje no mundo só tem discordância
O homem não respeita mais ninguém
Até a própria vida que tem
Para a paz fica em grande distância
Partindo para a ignorância
Só vemos cenas de barbaridade
Parece que não tem capacidade
De pegar nossa paz e refazer
Só Jesus com amor e o poder
Pra trazer a paz pra humanidade.
                       V
Mas Jesus com seu doce coração
Que sempre ele dá misericórdia
Par quem pratica toda discórdia
O Senhor sempre dá o seu perdão
Exemplo passou por humilhação
Mesmo com poder e com santidade
Enfrentou e sofreu barbaridade
Perdoou quem nele veio bater
Só Jesus com amor e com poder
Pra trazer a paz pra humanidade.
                     VI
Perdoar e amar o seu irmão
E fazer sempre gesto de carinho
Dar a flor no lugar de um espinho
E beijar no lugar da agressão
Assim é tanta recomendação
Pra viver com maior fraternidade
Pois a paz é nossa prioridade
E também a Jesus obedecer
Só Jesus com amor e o poder
Pra trazer a paz pra humanidade.
             Mossoró-RN, 11.10.2016.
                   Ilton Gurgel, poeta.
 
 

 

DÍZIMO É NOSSA OBRIGAÇÃO, NA BÍBLIA ELE É RECOMENDADO.

                        I

A gente que ora todos os dias

E segue da Bíblia sua leitura

Destaco um assunto de censura

Gênesis fala e em Isaías

E também no livro de Malaquias

No capítulo três é registrado

Verso dez está especificado

Devolver pra Deus com integração

Dízimo é nossa obrigação

Na Bíblia ele é recomendado.

                       II

Tem gente que não lê e ignora

Gente que tem pouco conhecimento

Usando pouco o entendimento

E debocha do dízimo toda hora

Para quem não conhece apavora

Ficando até um pouco irado

Dizimista é privilegiado

Quando faz sua participação

Dízimo é nossa obrigação

Na Bíblia ele é recomendado.

                     III

A gente precisa ser dizimista

Pra obra do Senhor fortalecer

Dízimo benefício vem trazer

O crente pra isto é realista

Fato que é uma grande conquista

Pois por Deus é muito abençoado

Das portas do Céu que é derramado

As graças e de Deus a proteção

Dízimo é nossa obrigação

Na Bíblia ele é recomendado.

                     IV

O povo precisa só entender

Que Igreja tem conta a pagar

Despesa como em qualquer lugar

Ela tem e deve obedecer

Precisamos o dízimo devolver

Por ser um compromisso confirmado

E ter o salário abençoado

Também é um gesto de gratidão

Dízimo é nossa obrigação

Na Bíblia ele é recomendado.

                   V

Lamento existir ignorante

Que diz que dízimo é pro pastor

Este que da grana não ver a cor

Leva a culpa este inocente

Dízimo tem a equipe somente

De gente totalmente preparado

Pra ele ser bem administrado

Passa por séria fiscalização

Dízimo é nossa obrigação

Na Bíblia ele é recomendado.

                      VI

Dízimo que também não é oferta

Isto é o que muita gente pensa

Pois dos dois existe a diferença

Cada um na sua maneira certa

Pra quem é consciente se desperta

Para o dízimo ser praticado

Um gesto que é tão congratulado

E de Deus tem toda aprovação

Dízimo é nossa obrigação

Na Bíblia ele é recomendado.

            Mossoró-RN, 10.10.2016.

                  Ilton Gurgel, poeta.

 

 

 

 

 

 

 

             

quinta-feira, 13 de outubro de 2016


JESUS SEMPRE ESTÁ PRESENTE, PARA ME ABENÇOAR.

                      I

Nossa vida tem de certo

A presença de Jesus

O que a gente produz

Jesus sempre está perto

Não precisos ser esperto

Pra assim continuar

E vida e pra lutar

Pela vida simplesmente

Jesus sempre está presente

Para me abençoar.

                 II

Abençoa todo dia

Minha vida na rotina

No trabalho que fascina

Traz a paz e harmonia

Jesus me beneficia

Não deixa nada faltar

Só nele vou confiar

Disso eu sou consciente

Jesus sempre está presente

Para me abençoar.

               III

Fortaleço a cada ano

Nele minha confiança

Jesus é a esperança

É quem traça o meu plano

Nesse meu cotidiano

Sempre me orientar

Pra salvação conquistar

Jesus Cristo é a semente

Jesus sempre está presente

Para me abençoar.

                IV

Único e verdadeiro

Santo que traz salvação

Nele tenho devoção

É o meu tiro certeiro

Eu confio por inteiro

Minha vida entregar

Só nele acreditar

Pois Jesus é influente

Jesus sempre está presente

Para me abençoar.

               V

Acompanha e me vigia

Ele do Reino da Glória

Fazendo minha história

Corrigindo todo dia

Fazendo benfeitoria

Para assim continuar

A vida e caminhar

Na minha vida somente

Jesus sempre está presente

Para me abençoar.

             VI

Para o Céu eu irei

E já estou preparado

Meu lugar está guardado

Com Jesus eu ficarei

Por isso que eu amei

E pra sempre vou amar

É saber valorizar

 O filho do Onipotente

 Jesus sempre está presente

Para me abençoar.

          Mossoró-RN 09.10.2016.

                Ilton Gurgel, poeta.

 

 

 

 

 

A CURA DE DEZ LEPROSOS

                 I

No evangelho de Lucas

A passagem que comove

No capítulo dezessete

Quando o Senhor se move

Conta do versículo onze

Vai até o dezenove.

               II

No final do dezenove

Tem a sua conclusão

Inicia com Jesus

Com a sua multidão

Ia pra Jerusalém

Cumprindo sua missão.

                III

Naquela ocasião

Em que ele viajava

Chegando na Galileia

Numa aldeia encontrava

Dez leprosos que queria

 Que Jesus todos curava.

               IV

Cada um deles gritava

Por Jesus de Nazaré

Que queriam se curar

Pois grande era a fé

Jesus Cristo o atendeu

Ao ficar logo de pé.

              V

E Jesus disse até

Pra cada um procurar

O seu sumo sacerdote

Fosse se apresentar

Estavam purificados

Pois Jesus veio curar.

               VI

Pra Jesus veio voltar

Só um pra agradecer

A cura dessa doença

Que antes puderam ter

Na presença de Jesus

a cura podemos ver.

               VII

E Jesus ao perceber

Que só um agradeceu

Perguntou os outros nove

Pois nenhum apareceu

Para agradecer a cura

Que Jesus o concebeu.

                VIII

Com Jesus permaneceu

E vindo a Deus louvar

Prostrou a sua cabeça

Veio a Cristo adorar

Em um reconhecimento

De que veio se curar.

               XI

Vindo se purificar

Jesus a ele falou

Que siga o seu caminho

E ele feliz ficou

Pois Jesus sempre dizia

“A tua fé te salvou”.

                X

O homem continuou

Adorando a jesus

Verdadeira salvação

Sua verdadeira luz

Curado duma doença

O milagre se traduz.

               XI

O Nosso Senhor Jesus

Que tanto realizou

Milagres e tantas curas

Esta que Lucas narrou

Peço que leiam na Bíblia

A passagem que marcou.

                  XII

E assim Lucas contou

Sem atos maliciosos

Como em todos capítulos

De Lucas que são famosos

Aqui tem como contexto

A cura dos dez leprosos.

             Mossoró-RN, 08.10.2016.

                    Ilton Gurgel, poeta.

 

 

 

     

 

 

 

 

JESUS É O REFRIGÉRIO, PARA O MEU CORAÇÃO.

                  I

Coração endurecido

No meu peito ele batia

Só que um certo dia

Mudou e teve sentido

Pois parecia perdido

Mas Jesus deu solução

Foi uma transformação

Totalmente sem mistério

Jesus é o refrigério

Para o meu coração.

               II

Minha sensibilidade

O meu senso de humor

E todo o meu amor

Teve a prosperidade

Antes a fragilidade

Era preocupação

Hoje com exatidão

A mudança com critério

Jesus é o refrigério

Para o meu coração.

               III

Coração aquebrantado

Novo sabe perdoar

Sabe o irmão amar

Pois está recuperado

E as mágoas do passado

Não tem nem recordação

Reina só a gratidão

Amor levado a sério

Jesus é o refrigério

Para o meu coração.

                IV

Um coração renovado

Sem nenhuma cirurgia

Recebeu a anistia

De Cristo o meu amado

E agora preparado

Também pra dá o perdão

E ter a libertação

Livrar-se do adultério

Jesus é o refrigério

Para o meu coração.

               V

Nossa vida passageira

Ela é aqui na terra

Rapidamente encerra

Ela de qualquer maneira

Mas a alma de primeira

Segue para a salvação

O corpo em um caixão

Ficará no cemitério

Jesus é o refrigério

Para o meu coração.

               VI

Coração tão valioso

Que Jesus o preparou

Tudo que nele chegou

No jeito silencioso

Um dia audacioso

Hoje tem restauração

Jesus na preparação

Não guarda em necrotério

Jesus é o refrigério

Para o meu coração.

          Mossoró-RN, 0610.2016.

                    Ilton Gurgel, poeta

 

 

 

 

segunda-feira, 10 de outubro de 2016


TER DEUS ME ABENÇOANDO, É O QUE QUERO NA VIDA.
                       I
Desde que fui convertido
De Deus sou um seguidor
O meu orientador
Por ele sou protegido
Por isso que faz sentido
A vida reconstruída
A razão atribuída
Com o que vou planejando
Ter Deus me abençoando
É o que quero na vida.
                  II
Deus pra me abençoar
Em toda minha rotina
Seu poder que me fascina
Nele posso confiar
E também acreditar
De uma forma devida
Não tenho luta perdida
Com Deus me acompanhando
Ter Deus me abençoando
É o que quero na vida.
                   III
Eu peço a permissão
Para o que vou fazer
Pois se for o seu querer
Deus dá a confirmação
Além de ter proteção
Tenho a rota seguida
Na meta já incluída
Salvação vou conquistando
Ter Deus me abençoando
É o que quero na vida.
                  IV
Oro e peço de joelho
Quando tenho um projeto
Confiança eu injeto
Sigo de Deus o conselho
Por que Deus é meu espelho
Na minha fé inserida
Se não vem dele é banida
Deus está no meu comando
Ter Deus me abençoando
É o que quero na vida.
                 V
Não consigo mais viver
Sem Deus ficar do meu lado
Por ele orientado
Pois só Deus tem o poder
Tudo que eu vou fazer
Vejo se é permitida
O que Deus quer em seguida
Vai logo orientando
Ter Deus me abençoando
É o que quero na vida.
                 VI
Quem de Deus faz a vontade
Será sempre abençoado
Muito bem orientado
Deus é exclusividade
Ele dá prosperidade
Salvação Deus dá a ida
É o ponto de partida
Pro Céu vai encaminhando
Ter Deus me abençoando
É o que quero na vida.
         Mossoró-RN, 06.10.2016.
                Ilton Gurgel, poeta.