quarta-feira, 29 de outubro de 2008

O DIA DO LIVRO

I
Vinte e nove de Outubro
Para toda a criatura
Que gosta muito de ler
E adquirir cultura
Usa como passa-tempo
Fazer a boa leitura.
II
Porque na literatura
Marca hoje neste dia
Dedicado ao livro
Livro que traz alegria
Um produto precioso
Que tem numa livraria.
III
Do livro hoje é seu dia
Este grande instrumento
Pois uma boa leitura
Não importa o momento
Traz cultura e saber
Ele é o argumento.
IV
Diminui o sofrimento
Leitura traz emoção
A história de um livro
É a maior atração
Para quem quer aprender
O livro é o padrão.
V
A leitura traz então
O saber a e verdade
Um troféu para o aluno
Com sua realidade
Ele ajuda no colégio
E também na faculdade.
VI
Tira a dificuldade
Para quem vai consultar
A tarefa estudantil
O livro vai ajudar
Jóia em biblioteca
Para a gente pesquisar.
VII
Quem num livro estudar
Tem sucesso garantido
Aperfeiçoa a saber
Na cultura dá sentido
Principalmente o didático
É o nosso preferido.
VIII
O sucesso é garantido
Na vida essencial
Para aquele que deseja
Ser um profissional
Exercer a profissão
Ele é fundamental.
IX
Livro é universal
Pois é muito importante
Incentivo da leitura
Feito pelo estudante
Vê a sua importância
Como ele é fascinante.
X
É bom para o estudante
Também para o professor
E de um modo geral
Para quem é o leitor
O livro é necessário
Porte de grande valor.
XI
É igual a uma flor
Que deve ser cultivada
Conteúdo duma página
Nunca fica apagada
Tipo a flor em um jardim
Pra não ser desabrochada.
XII
Como assim é cultivada
O livro seja também
Importante e destacado
Tudo que ele contém
Na vida o nosso livro
Sempre só nos faz o bem.

Brasília-DF, 29.10.2008
Ilton Gurgel, poeta.

Um comentário:

Dircina disse...

OLá meu primo,
Bela homenagem ao LIVRO (meu grande amigo),pois tudo que sei e aprendi foi através dos livros. Adoro ler(até bula de remédio), pois a leitura é o meu grande e preferido hobby.
Assim como as pessoas, os livros nascem e são descobertos.
Acho que os livros e as pessoas diferem em apenas um ponto: o final. Porque, ao contrário da gente, um livro nunca morre.
Boa semana com muita inspiração.
Abç
Dircina