sexta-feira, 30 de março de 2012

SER CARAUBENSE.

I
O que eu quero mostrar
Aqui nesta poesia
O motivo que me leva
A ter tanta alegria
E também compartilhar
Com minha sabedoria.
II
Motivo que causaria
Na vida vivacidade
Por que dizer que nasci
Em uma bela cidade
Por nome de Caraúbas
É uma prioridade.
III
É nossa identidade
Isso posso declarar
Por ser um caraubense
Eu posso me orgulhar
O orgulho é um pecado
Mas aqui eu vou pecar.
IV
Sei que Deus vai perdoar
Pela gente cometer
O pecado exibido
Mas ele vai entender
Que é nossa Caraúbas
Ela faz por merecer.
V
Para a pessoa dizer
Que é um caraubense
Privilégio para poucos
Timidez a gente vence
Motivo de alegria
Quem escuta se convence.
VI
Tem tanto caraubense
Em tudo que é lugar
Norte a Sul deste País
Nós podemos encontrar
Sempre um bom conterrâneo
Para nos representar.

VII
Posso até confirmar
Nossa produtividade
Pois quem é caraubense
Tem a criatividade
Brilha em tudo que faz
Em qualquer atividade.
VIII
Mesmo com fragilidade
Nunca falta o amor
Por nossa bela cidade
Um lugar acolhedor
Assim o caraubense
Digo que é vencedor.
IX
Município exportador
De gente capacitada
De artistas a poetas
Músicos gente honrada
Empresários e políticos
E gente conceituada.
X
Na cidade é encontrada
Gente de bom coração
Pois está na nossa alma
A nossa dedicação
Que faz toda diferença
Hoje na evolução.
XI
Esquecer nosso sertão
O seu filho não esquece
Caraubense tem brilho
O talento aparece
Por isso ao nosso Deus
Caraúbas agradece.
XII
Para sempre permanece
A alegria na vida
Pois ser um caraubense
É o ponto de partida
Para a felicidade
Conquistada e construída.
Brasília-DF, 30.03.2012.
Ilton Gurgel, poeta.

Um comentário:

Unknown disse...

Olá primo,
bela poesia sobre nossa cidade natal...
senti saudade da minha infância por lá...
Abraços
Dircina