quinta-feira, 9 de abril de 2009

A FAMÍLIA GURGEL

I
Da família Gurgel
Falo nesta ocasião
Que da qual eu faço parte
Isto me dá emoção
É a única no Brasil
Que possui o seu brasão.
II
Ela é uma tradição
Seu princípio é fiel
O membro desta família
Cumpre com o seu papel
Honra bem o sobre nome
Da família Gurgel.
III
E aqui no meu cordel
Que escrevo de primeira
O verso mais importante
Feito na minha carreira
De poeta e escritor
Todo na minha maneira.
IV
A família inteira
Tem o seu nome honrado
Quem assina com Gurgel
Tem o nome respeitado
No país da Alemanha
Onde foi originado.
V
Há muito tempo passado
Chegou no nosso país
Instalou-se a família
Que da qual eu sou feliz
Começando a origem
Também a nossa raiz.
VI
Como todo mundo diz
Ser um Gurgel é ter sorte
Pertencer uma família
Que possui um grande porte
Tradição em um Estado
O Rio Grande do Norte.

VII
A família tem suporte
E é tradicional
Muita gente da família
É intelectual
Destaca-se no que faz
Tudo no essencial.
VIII
Tanto profissional
A gente vendo em vista
Professor e doutorado
Engenheiro e jornalista
Padres e Advogados
E tem até humorista.
IX
E tem especialista
Vive na realidade
Todos com inteligência
Com potencialidade
Ser Gurgel é um exemplo
De muita honestidade.
X
Princípio de lealdade
No Gurgel é preservado
Tudo que a gente faz
Vem do nosso antepassado
E por novas gerações
Sendo tudo conservado.
XI
O Gurgel que tem herdado
Toda a capacidade
Todo profissional
Desempenha atividade
Em tudo que se destaca
E tem criatividade.
XII
Gente com afinidade
Uma família fiel
Todos profissionais
Do doutor ao bacharel
Se orgulha em pertencer
A família Gurgel.
Brasília-DF, 09.04.2009
Ilton Gurgel, poeta.

Em memória aos meus pais: José Gurgel Fernandes (Dezinho) e Sebastiana Gurgel de Amorim (Santinha)

3 comentários:

Camila disse...

M A R A V I L H O S O .........
Sem palavras meu primo, fiquei emocionada, simplesmente inesquecivel, fazer um poema totalmente dedicado a nossa família, foi uma atitude linda, adorei......... PARABÉNSSSSSSS

Gurgel disse...

sentimento puro e verdadeiro, temos q honrar esse sobrenome, antepassados e homens atuais , vivam a graça de ser um GURGEL
Valeu ILTON...abraços primo

jaria disse...

oi tio querido ilton fiquei muito feliz com os seus poemas parabens beijos da tua sobrinha jaria gurgel