sábado, 2 de agosto de 2008

FAUNA CARAUBENSE

I
O poema que vos falo
É um fato bem real
Ou talvez coincidência
Nunca visto nada igual
São pessoas que têm nome
Sobre-nome de animal.
II
Este fato é real
Não é uma fantasia
Nem é coisa de poeta
Para escrever poesia
É realidade que
Tem no nosso dia-a-dia.
III
Tenho a todos simpatia
Pois são cidadãos de bem
Com certeza ao poeta
Todos amizade tem
E a minha intenção
Não é magoar ninguém.
IV
Digo até muito além
Quem no verso eu relatar
Eu não sei o resultado
Se um deles não gostar
Humildemente eu peço
Que queira me desculpar.
V
O Antonio Carcará
Parece voar o céu
Para Antonio Sariema
Eu tiro o meu chapéu
Tem o Antonio Canário
Também Antonio Teteu.
VI
Para os Chicos um troféu
No verso o poeta pode
Chico Macaco morreu
Mas tem outro de bigode
Torcedor do Fluminense
Meu amigo Chico Bode.
VII
Esta estrofe sacode
Quase a língua deu um nó
Zé Bizôro e Zé Lacraia
Eles nunca vivem só
Zé da Para e Zé Galinha
Zé Calango e Zé Mocó.
VIII
Pra cidade de Mossoró
Foi o Canindé Cordeiro
Finada Raimunda Peba
E seu Antonio Carneiro
E o meu amigo Peixe
Que trabalha de porteiro.
IX
Ausente tem companheiro
Ave, inseto e animal
Gavião foi pra São Paulo
Seu Formiga pra Natal
Bem-te-vi e Sabiá
Pro Distrito Federal.
X
Derivado de animal
Tem um grande cidadão
Está no aumentativo
Digo nesta ocasião
O animal é a anta
Ele é o seu Antão.
XI
Finalizo aqui então
Com dois nomes a citar
O José Nilson Bezerra
Não esqueço de falar
Em Ronaldo Papagaio
Que em Natal foi morar.
XII
Assim eu pude mostrar
Minha criatividade
Tem mais uma conterrânea
Também da nossa cidade
É Maria Caboré
Com Jesus de Nazaré
Está na eternidade.

Brasília-DF, 12.07.1997
Ilton Gurgel, poeta.

5 comentários:

Maria de Fatima disse...

Amigo Ilton, você é demais!!!
Este poema ficou super interessante, seria bom, que os nossos conterrâneos que ainda estão vivos, tivessem acesso a este poema. Com certeza eles iriam adorar...
P A R A B É N S!!!!!
Um grande abraço da amiga que muito te estima!
Fafá Fernandes

Nonato Gurgel disse...

Ilton, amigo

Esta idéia dos animais no poema
é maravilhosa. Parabéns!

Judson Gurgel disse...

De todos os seus poemas, esse é meu preferido

Dircina disse...

Olá primo,
adorei a "Fauna Caraubense", muito
interessante e engraçado...
Parabéns!
abraço,
Dircina Gurgel

Suely disse...

ILTON, você sempre brilhando com suas maravilhosas poesias. Mas, essa da fauna caraubense eu amei.Você realmente é muito criativo.Como diz dona VANILDA GURGEL,você é LORDE. Parabéns!!!!!
SUELY FERNANDES